um dia de samba;

ao se guiar em alta velocidade, sentia uma sensação estranha invadir-lhe o corpo. a começar pelos pés, subindo pelas suas pernas. alcançando-lhe as mãos. terminando em seus olhos. ela finalmente pode enxergar aquilo que sempre havia desejado e estava feliz com a sua condição. a estranha tranquilidade de reconhecer o fim. e o recomeço. percebeu ter por perto as melhores pessoas do mundo e isso a tranquilizava de uma forma inesperada. inédita. foi então que abriu um sorriso de um jeito único. era sincero, antes de tudo. prometeu para si mesma não deixar que ninguém, seja pelo tempo ou pela distância, siga por caminhos tão distintos que se torne inalcançavel. nunca deixaria de ligar ou encontrar essas pessoas, seja por um cara ou por um emprego. colocou-as em primeiro lugar. antes mesmo de si mesma, e tinha a certeza de que nunca se arrependeria de tê-lo feito.

como mulher que é, haveria de amar.

quem sabe um dia?

dsc01282

a paz;

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “um dia de samba;

  1. e quem sabe todos os dias… com vc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s