easy like sunday morning

toalha molhada sob a cama. delivery aos domingos. datas a cumprir. textos para ler. livros para respirar. gráfica para enfrentar. dinheiro para economizar. conversas urgentes a ter. colagens, poesias, fotografias. já não tenho tempo para muitas coisas. sonho loucamente com o feriado, um fim de semana sem um milhão de obrigações. um sol na casa da lalá, uma resenha, um cinema com alguém interessante, um café com um amigo…sonho com uma certa tranquilidade física: poder fazer o que quiser fazer, sem me preocupar com um milhão de coisas. admito que não está fácil manter essa rotina, mas foi o que eu escolhi: não há motivos para reclamar. aliás, nem posso. nos trancos e barrancos, acho meus sorrios em pequenas sutilezas diárias: um almoço entre amigas, uma música certa no rádio pela manhã, o céu azul, uma brisa que atravessa a janela para me balançar os cabelos, os passarinhos que insistem em me visitar regularmente aos domingos no coqueiro em frente ao meu prédio – minhas reais companhias nesses dias em que tenho largado de lado até mesmo os almoços na casa da minha vó e o pacote cinema + shopping com meus pais. diria que é o extremo: o quinto semestre promete.

a verdade é que devo admitir que, mesmo reclamando, eu gosto. e a culpa não é de ninguém, senão minha. acabo sempre empurrando tudo para os fins de semana em troca de programas idiotas de televisão ou palavras ao vento no msn. nada mais tem tanto sentido senão o que sonho.

e, mesmo assim, nesse caos instalado propositalmente pela minha vida, encontro, finalmente, uma paz: a certeza de que a simplicidade nunca me foi tão querida. em pequenos e raros momentos encontro uma felicidade quase instantânea, se não boba, de um bom vinho, uma boa companhia, um fast food calmo, umas cervejas aos sábados com quem realmente importa. pela primeira vez em tanto tempo troco a falta que sinto de um amor pela inusitada presença de amigos tão especiais. é flertar, rir e falar besteira com as melhores pessoas do mundo. é cantar alto, fofocar e combinar o dia seguinte. é ter a certeza de que certas coisas, mesmo nos dizendo sempre o contrário, duram para sempre.

acho que seria vergonhoso reclamar, afinal, é só mais um domingo de trabalho e estou cheia de coisas para ocupar minha cabeça: é melhor assim do que sofrer por bobagens. a minha hora vai chegar, e enqunto isso fico feliz em ter – para sempre – amigos tão charmosos, alcoólatras, chocólatras, bonitos e bobos. está tudo muito bem! e é o começo de abril, como não ser tão azul e agradável?

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

3 Respostas para “easy like sunday morning

  1. Me identifiquei com o teu texto, que por sinal está muito bom e bem escrito. Parabéns.

  2. Lorena

    Taí uma boa contradição: um fast food calmo! hahahahaha.

  3. f.

    querendo compensar a enrolação com charme né ?
    pior que funciona.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s