Ingenuidade

Caetano, it’s always him. Preciso admitir: não fiquei tão feliz – e surpresa – quando escutei o Cê, disco antigo de Caetano Veloso. Achei, sim, cansativo e redundante. Comprei o disco de presente para o meu pai, ouvi duas vezes e pronto: o coloquei na estante. Junto ás músicas do passado, não distante, mas não tão bonitas. Assim que ele lançou o Zii & Zie, também não tive a vontade de baixar assim, instantaneamente. Foi preciso um grande amigo (sempre, J.) me encorajar para que eu tomasse a atitude. Baixei. Ouvi uma, duas, três vezes. Achei a capa linda. As músicas deliciosas (a melhor, é ingenuidade). Tive, de volta, a vontade de vê-lo cantar. Por coincidência, soube (via Last.fm) que ele vem tocar em BH no dia 3 de julho LINK. Vou logo comprar o disco para ouvir mais e mais. E por que, Caetano, outra vez me convence de que deve-se manter ao lado da cama, sem parar de tocar. Só fazendo companhia.

Ah! Ele está na revista TPM desse mês também! Não li a reportagem ainda, mas adorei as fotos. LINK.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s