preciso andar;

o ano chegou e nem me dei o trabalho de vir desejar-lhes boas festas e feliz 2010. hoje percebi que cá estou, ás vésperas de uma viagem, sem nem ter a mala pronta. é… esse fim/começo de época foi mais caótico do que costuma ser. a correria de organizar uma festa perfeita de passagem para 40 convidados se remendou à tristeza de se perder pessoas queridas. foram tantas coisas acontecendo entre o dia 29 de dezembro e o dia 3 de janeiro que me fez perder o fôlego para vida. é a estranha sensação da certeza de que não encontrarei por esse mundo aqui uma amiga mais que querida: é difícil de acreditar. foi dessa forma que não consegui dormir, passando a noite em claro lembrando nos nossos papos, da sua risada, do seu cabelo quase branco, sua camisa xadrez e da forma carinhosa a qual ela me chamava. (essas coisas que guardamos em um canto da lembrança, que imprensa alguma consegue passar). parece que foi ontem que nos encontramos, dançamos juntas ao som de uma dessas bandinhas hypes modernas e colocamos os últimos assuntos em dia – como a altura relativa dos nossos namorados. é, é triste. mas não vou chorar, não. (posso ouví-la dizendo: “que isso dé, chora não doidinha”, ou algo do tipo acompanhado de uma risada). na verdade só desejo que vocês estejam bem, aonde quer que isso seja. e eu sei, silenciosamente, eu sei, que há de chegar o dia em que nos reencontraremos para tomar aquela gelada em um buteco sujo de esquina, cheio de bêbados, com banheiro sujo e com um bob dylan tocando ao fundo. mas por ora, eu só queria que você estivesse aqui, e mais nada.

[ e é assim, que me despeço por apenas uma semana. vou passar alguns dias em búzios, de pernas para o ar. a idéia é intercalar o vento, um mergulho, um capítulo e uma música com um drink de morango, gengibre e absolut do fishbone. a companhia são meus pais e a alice [no país das maravilhas].(o meu amor vai fazer falta, mas são só 6 dias, ora!). e para as noites, teremos jantares bem servidos e tequilas para embalar o sono e uma leve dor de cabeça pela manhã. não poderia estar melhor: tudo para, enfim, tentar começar o ano. até logo! ]

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “preciso andar;

  1. matheus

    eu voto por ajuntar todo mundoq ue tinha um pedaçinho da isa pra gente ver se sobrevive… eu começo! metade de mim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s