Live to tell the tale.

chega em um ponto em que não dá mais: abaixam-se as armas; abaixa-se a cabeça. sem ressentimento, alcança-se a calma. a certeza de que tentamos de todas as formas possíveis e que todos os momentos juntos foram reais. as lembranças, os acontecimentos, os abraços e nossas intimidades não pertecem a mais ninguém a não ser a nós mesmos e estarão muito bem guardados.

a convivência diária com uma pessoa tão fantástica foi uma bela novidade na minha vida. foi um ano e cinco meses próximos a perfeição. foi um aprendizado, um reconhecimento, um crescimento. e a minha felicidade está em ter vivido isso, intensamente, tanto nos momentos ruins quanto nos maravilhosos. a minha dificuldade é saber respeitar a nossa distância natural. e a minha tranquilidade é saber que, quando a poeira abaixar, vamos desejar a presença do outro em nossas vidas, tranquilos por sabermos que podemos ser grandes amigos, confiando um no outro.

aos que se interessam, apesar da ansiedade e impaciência, estou bem, vivendo um dia de cada vez. aprendendo a encaixar tudo o que restou – carinho, saudade e lembranças – no seu devido lugar. tentando me acostumar com a idéia de que deixo de ser dois e volto a ser uma. me segurando para respeitar o nosso tempo. mas, como todo mundo anda dizendo, o tempo vai passar, as coisas vão se ajeitar e, quando menos notarmos, estaremos cada um no seu caminho, satisfeitos com o que a vida propôs, e felizmente ligados, eternamente, por aquele dia 12 de junho.

ps: agora eu não quero mais falar sobre isso. quero viver um pouco mais, respirar ar puro, dar e receber atenção dos meus queridos amigos e esperar, ansiosamente, que tudo isso passe logo, pois quero um dia poder voltar a fazer o que fazíamos antes, dentro dos limites de uma amizade.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Live to tell the tale.

  1. Naty Lemos

    Só uma palavra… Lindo! Estou em prantos…. Tudo oque vc escreve e’ poeticamente emocionante… Vc ainda vai ser famosa! Sis, qdo precisar preencher o vazio, estou aqui como vc sempre esteve qdo precisei preencher os meus… Vc se lembra? Lov u

  2. Mariana de Moraes Silveira

    lindo!
    te amo, e tenho atenção pra muitos cosmopolitans ainda… ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s