ao inverno;

acordar de manhã, sentir a brisa, arrepiar-se e decidir vestir aquele casaco que estava pendurado no canto do armário. cachecol, bota e talvez até toca. um tipo de prazer que só o inverno oferece. como o de dormir de cachecol, para proteger a garganta, ou andar na rua e sentir o vento frio no rosto, enquanto o nariz vai ficando vermelho, vermelho. tenho um carinho – quase amor – pelo inverno. no frio as pessoas ficam mais elegantes, mais cuidadosas e mais amáveis. vulneráveis para o sentimento: é a vontade de ter com quem se enroscar (achei que era com dois “erres”, mas diz que não…) no dia frio ou ter um pé para esquentar debaixo das cobertas. é dar sossego para a alma. até o som é mais harmônico – tem coisa mais deliciosa do que o som do vento? é. Seu Inverno, vem junto com o Outono e traz para mim um calor pro coração e arrepio pra pele?
obrigada,

D.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “ao inverno;

  1. Aquele brigadeiro com morango gelado que já havia sugerido, esquece!
    Vai um brigadeiro quentinho, um leite quente com chocolate pelando, um acréscimo de bacon na pipoca e muito friozinho para que momentos como esse se repitam atéééé o inverno ir, o outono chegar, o outono ir e que ano que vem, possamos repetir tudo de novo, como se fosse a primeira vez, sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s