pretend you don’t care.

aparece como uma fumaça que  sai do teu cigarro e me confunde a visão. tira meus pés do chão, minha cabeça do travesseiro, o ritmo da minha respiração. mexe no meu cabelo como quem bagunça a minha mente. enlaça-me as pernas até não saber mais qual é  tua e qual é minha. confunde-me entre uma música e outra; diz exatamente aquilo que mudaria tudo com o tom de voz de como se não fosse nada demais. me deixa pensando besteira, sentindo seu cheiro, lembrando do sorriso, enxergando seus olhos.

mas lá dentro (bem lá dentro) eu já conheço o fim dessa história. aí então é que eu topo uma cerveja ou duas, como quem não quer nada e sento na sombra, despreocupada. se é para ser assim, então nem ligo mais. prefiro é sorrir para a realidade, achar graça de pouca bobagem e aproveitar até aonde dá. sem tempo ruim.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s