Arquivo da tag: design

ainda sem palavras.

hoje foi um dia atípico – assim como vai ser esse post. estou chorando sem conseguir parar por algum tempo e eu não sei ao certo se é aquele choro de tristeza ou é por amar demais. sabe aquele momento em que você vê de longe o seu maior sonho se realizando e não sabe ao certo o que fazer e sentir? começa mais ou menos assim.

me lembro como se fosse ontem do dia em que eu voltei de NY aos 16 anos. era minha primeira viagem internacional e eu me senti como se houvesse conhecido o mundo. no avião de volta eu chorei ao notar que demoraria tempo demais para voltar ao “mundo” e alcançar o que desejaria  – já que eu nem sabia ao certo o que queria. bem, dos 16 aos 24 muita coisa mudou e, graças a um curso exato na área em que sempre sonhei, vim parar, aos 25, aonde sonhava. não era NY, mas o lugar e a hora perfeitos para o momento da minha vida. Milão me recebeu de braços abertos como nenhum lugar do mundo havia jamais me recebido. na minha vida entraram pessoas tão únicas e especiais que nunca imaginei que pudesse conhecer e que se tornariam tão essenciais nesse ano. visitei lugares, conheci culturas, explorei mundos e desbravei pessoas – aliás, desbravei a mim mesma. não sou nem perto a mesma Débora que cheguei no dia 21 de Novembro de 2012.

hoje foi um dia atípico. foi hoje em que fechei uma das etapas mais únicas, especiais e de maior crescimento pessoal da minha vida. aprendi a perdoar, a seguir em frente, a controlar meus ânimos, a ser profissional, a lidar com pessoas de todo o mundo e, principalmente, a ser eu mesma, indepentente do que aconteça. aliás, aprendi a ser feliz assim, pois essa é a minha essencia e dela eu não posso fugir.

eu gostaria de agradecer principalmente a minha família que me apoiou desde quando comecei a sonhar e nunca cortaram as minhas asas para ir longe; ao pavor, que sempre sonhou tão longe quanto a mim mesma; ao guetho que sempre esteve ao meu lado, independente das nossas diferenças; aos amigos da letras que sempre souberam que meu canto tava bem longe da fale; aos amigos da faculdade de design que sempre me apoiaram nas viagens mais aleatórias; e, finalmente, aos amigos que reconheci durante esse ano: nossos caminhos estavam traçados desde o início e é incrívelmente especial saber o quanto vocês fizeram parte desse momento, mesmo nos mais minuciosos detalhes.

eu ainda não sei como vou viver sem essa cidade e essas pessoas.

só o tempo vai dizer.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

encontros casuais…

… pela intenet, nessa manhã de terça-feira.

large1. aonde e como eu gostaria de estar agora;

99e4e632deaef63b4bf1f50e0bc71d3c

2. outras novas receitas de sopas que quero tentar fazer,

coffeecycle-blog3. o super ciclo do café – my preeeecious;

tumblr_mg5a6cLVd11r1anpho1_500

4. notes to self, mas ao invés de cerveja, vinho.

tumblr_mi8lltqOMm1qjxp7ko1_500

5. DYLAN, bob

alZlE7R

6. o balanço dos sonhos;

tumblr_mjj9v6yKSF1qzyxjro1_1280

7. a vontade de sair por aí, mais uma vez;

ulyana-sergeenko-collection-1

8. a coleção dos meus sonhos, por Ulyana Sergeenko;

tumblr_muzlf6Gc6i1qz6f9yo2_500

9. o meu guarda-chuva vermelho de volta, depois que o perdi em algum canto de Milão;

t4

10. o próximo destino: Trier, Alemanha.

tumblr_mihmz8M2yl1qz6f9yo1_500

+1. a realidade.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

nova temporada;

hora de colocar os pés para cima, ligar um rock em alto e bom som, balançar a cabeça e bater o pé acompanhando o ritmo e deixar a imaginação fluir. a caneta na mão é para escrever uma lista longa e atemporal de tudo que foi deixado para depois nos últimos meses. o depois é já! prioridades são prioridades. e quando você vê que a sua principal meta do momento já foi alcançada: o que vem agora? próximo capítulo.

lembro-me de ter descrito – aqui, no meu caderno ou em algum pedaço de papel perdido na bagunça do meu quarto – as cenas finais de mais uma temporada, com todos os seus clichês bem executados: casamentos, términos, algumas repostas esclarecidas, outras adiadas para a próxima temporada, a iluminação diminuindo, a frase de efeito, os créditos… e ai, só daqui a alguns meses para tudo começar denovo. haja coração e ansiedade, não é?

pois é: tenho encontrado uma singela e educada relação dos capítulos da vida com esses seriados. é sério! uma sucessão de eventos, respostas sem perguntas e questões “irrespondíveis”, aquele abraço de meia hora, aquele sorriso acompanhado de um “hasta la vista, beibe”, uma música no fundo que torna tudo um pouco mais especial, aquela festa em que tudo acontece e você acorda no dia seguinte sem se lembrar de nada, aquele porre bem dado, aquela briga que, de tão complexa e sem solução se resolve com um beijo na testa, aqueles encontros cheios de cerveja, tranquilidade e churrasquinhos… e esses fins de tarde tão bonitos e coloridos – coisa do frio e da poluição – que mais parecem camadas artificiais em software’s de design? haja multiply.

então é isso, estou de volta com o blog mais atualizado, cada vez mais. e, para quem não sabe, formei e o próximo capítulo é o fim de temporada em uma colação de grau cheia de emoções, suspiros de alívio e gritos de felicidade. quem quer comemorar?

(bom, para quem não sabe

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

The Art of Mike Mitchell

Ilustrações fodíssimas, nerds e divertidas de Mike Mitchell. Have fun! ;)

Sem falar nos patterns disponíveis lá!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

fairy tales summarized;

Sabe quando você vê uma campanha publicitária legal que, de tão legal, decide mostrar para o mundo? Então aqui vai uma dessas que mostro para todo mundo que quiser ver. O cliente é uma loja de brinquedos infantis que comercializa brinquedos que estimulam a criança a pensar, e a campanha de uma loja assim não poderia ser simples e nem diferente da sua proposta. Nesse sentido, a agencia canadense Revolve desenvolveu a seguinte campanha:

Gostou? Quer mais? Veja no MyModernMet!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

The Art of Title

Conheço o The Art of Titles já há algum tempo e já quase postei sobre ele aqui várias vezes mas, por algum motivo randômico acabei não o fazendo. Fato é que acabei de assistir a um vídeo com um pouco da história dos movies titles e encontrei, ali, a melhor oportunidade para essa dica. Aos que desconhecem do assunto, os chamados titles são as seqüências de imagem realizada a partir de diferentes recursos gráficos que ficam no começo ou no final dos filmes, com as informações técnicas. Fato é que é ali que, quase sempre, há uma ousadia maior no projeto. Existem muitos titles fantásticos e memoráveis e, a cada filme é divertido prestar atenção nas mudanças de linguagem a partir do surgimento e melhorias nas técnicas. Portanto, divirtam-se com o vídeo e fiquem de olho no site, sempre atualizado.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

The best letters

Melhores letterings de 2010, de acordo com o LetterCult. Inspire-se!

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized